A gente passa tanto tempo perdendo tempo...


"A gente passa tanto tempo preocupado com coisas sem sentido.
Picuinha, carro do ano, marido que não lavou a louça, filho que deixou o quarto bagunçado, vizinha que não deu bom dia, amiga que esqueceu a data do seu aniversário, motorista que te ultrapassou impaciente na rua tranquila, fila de banco que não anda.
A gente passa tanto tempo de cara amarrada pelas pequenices. 
Aquela ex-colega que tentou te passar a perna, a roupa que encolheu na máquina de secar, a lasanha que queimou no forno, a faxineira que não limpou direito os vidros, a unha que descascou, a amiga que nunca lembra de oferecer ajuda.
A gente passa tanto tempo perdendo tempo... 
Esquecendo de viver o momento em busca da melhor foto, não sentando no chão para não sujar a roupa, deixando para trás o olho no olho, o abraço apertado e carinhoso, o beijo estalado na bochecha, a palavra gentil vinda na hora certa.
A gente passa tanto tempo achando que é eterno. Que o amanhã sempre vai existir. Que o outro sempre vai estar ali. Que nada vai mudar. 
Até que muda. 
Até que o coração para de bater. Até que os olhos se fecham. 
Até que você percebe que não é nada. E entende que a vida é curta demais para deixar para trás o que realmente importa: amar sem limites, se colocar no lugar do outro, fazer o que está ao seu alcance e não esperar nada em troca."

Clarissa Corrêa

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.