Aumentam os casos de pessoas com vermes pela ingestão de SUSHI!


Você come sushi? Fique atento! Houve um aumento nos casos de pessoas com vermes devido à ingestão do alimento. Embora grande parte da população seja degustadora dos cardápios oferecidos, a saúde vem sendo prejudicada por causa deles. Confira conosco.



PESSOAS COM VERMES DEVIDO AO SUSHI

Uma equipe de pesquisadores portugueses realizou um estudo publicado no British Medical Journal alegando que o consumo de sushi está aumentando os casos de infecção parasitária. 
A enfermidade é causada pela ingestão de peixes e frutos do mar crus ou mal cozidos que contenham larvas desse parasita, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC).

Um caso ocorrido

Um homem de 32 anos chegou ao hospital com dores na barriga, febre e vômitos – sintomas que já estavam ocorrendo havia uma semana. Depois de realizar uma endoscopia, os médicos descobriram, dentro do estômago dele, larvas do gênero Anisakis.
No caso desse paciente, bastou uma endoscopia para ele não sentir mais incômodos. Mas nem sempre é simples assim: para tratar a pessoa enferma, as únicas opções são a endoscopia (feita por este paciente) ou então cirurgia. 

A anisaquíase

doença muito mais comum no Japão, graças aos hábitos alimentares da população, como o consumo de sushi. 
Entretanto, como o alimento tem se tornado bastante tradicional, ela tem crescido no ocidente. 
Para provar a tese, os pesquisadores mostraram que em 25 casos de anisaquíase, estudados entre 1999 e 2002, todos os pacientes tinham uma dieta rica em peixes crus. De acordo com o Japan Times,  o número de vítimas da doença aumentou de 79, em 2013, para 126, em 2016.

Devo parar de comer sushi, então?


Não. O foco é, na verdade, alertar as pessoas para que tomem cuidado. Assim como outros alimentos, o sushi pode alterar a qualidade em função do ambiente ao qual é exposto, de maneira que o cliente deve sempre estar atento aos estabelecimentos os quais frequenta. 
Aqui no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda que os pratos preparados ou que contenham peixe cru ou mal cozido devam ser precedidos do congelamento do pescado em pelo menos -20ºC (menos vinte graus Celsius) por um período mínimo de sete dias ou menos -35ºC (menos trinta e cinco graus Celsius) por um período de no mínimo 15 horas.




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.