Casal é espancado e proibido de entrar na própria casa


Homofobia é um preconceito recorrente e muito sério na nossa sociedade. Um casal foi espancado e proibido de entrar na própria casa. Você imagina isso acontecendo à você e seu parceiro? Saiba como se sentiram e como tudo aconteceu.


CASAL GAY ESPANCADO

O engenheiro Flavio Miceli, 60 anos, e o funcionário público Eduardo Michels, 62, se envolveram em uma briga na vila onde moram na noite do dia 21 de abril, quando acontecia uma festa no local. O casal, que foi espancado na ocasião, acusa os vizinhos de agressão, homofobia e de terem trocado a fechadura do portão que dá acesso à área comum do espaço para que eles não pudessem voltar lá.

Flavio tem hematomas no corpo, sofre com dores de cabeça e ficou com a visão comprometida. De acordo com o engenheiro, as brigas tiveram início quando o casal passou a reclamar das festas que seguiam até 5 horas da manhã. Ele afirma que a briga foi uma desculpa para os vizinhos atacarem o casal com xingamentos homofóbicos e intolerantes, como "aqui não é lugar de gay".

Ambos estão com a roupa do corpo desde o ocorrido e já afirmaram que vão seguir com uma ação criminal, além de pedir proteção e uma indenização. Caberá a Defensoria Pública entrar com uma medida cautelar para que tenham assegurado o direito de entrar na vila. No momento, os dois estão morando provisoriamente na casa de familiares.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.