Estudo afirma que alunos brasileiros são mais mal-educados do que outros estudantes

Estudo afirma que alunos brasileiros são mais mal-educados do que outros estudantes

Os professores brasileiros já precisam lidar com uma série de desafios para conseguir exercer sua função, como os baixos salários, os problemas relacionados a falta de estrutura das escolas, etc. Mas também existe outro grande empecilho quando comparado aos professores de outros países: a falta de educação dos jovens brasileiros.

De acordo com o estudo Teaching and Learning International Survey – Talis (Pesquisa Internacional de Ensino e Aprendizagem, em tradução livre), os professores do Brasil são os que mais perdem tempo dentro das salas de aula com o objetivo de manter a ordem e a disciplina para conseguirem repassar o conteúdo aos jovens.

Segundo o levantamento realizado pelos pesquisadores, é necessário 20% de todo o tempo de aula para que o professor consiga manter a ordem dentro da sala de aula, o que representa a maior porcentagem entre os países analisados. A média mundial de tempo para este fim ficou em 13%.
Pouco tempo para o ensino

O estudo também fez um levantamento para entender quanto tempo os professores realmente conseguem aproveitar enquanto estão dentro da sala de aula para repassar conhecimento aos alunos. No brasil apenas 67% do tempo de aula consegue realmente ser aproveitado, enquanto que a média mundial fico em 79%.

Esta pesquisa foi realizada durante todo o ano de 2013, em 34 países ao redor do mundo. A mesma pesquisa já havia sido realizada no ano de 2008, quando a média de tempo que os professores perdiam para manter a ordem dentro da sala de aula ficou em 79%.

Outro problema que os professores brasileiros enfrentam dentro da sala de aula é o barulho. Mesmo quando eles estão ensinando e falando, 55% afirmam que os estudantes competem com outros tipos de barulhos, o que obriga o professor a falar mais alto ou então interromper sua linha de raciocínio.

3 comentários:

  1. Sem contar a superpopulação das salas de aula, a violência, o uso de drogas, falta de infraestrutura, etc. Sem contar os seguidores da cultura "mano", que são os que mais dão problemas nas escolas.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. E notasse , mais porque fazer essa pesquisa??? Isso é fato, já nota pelo meio de escolher políticos??? Os filhos veem os pais fazerem isso...as palavras convencem mas os exemplos arrastam...

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.