RG, CPF e Título de Eleitor serão um só: preciso mudar meu documento?


Uma lei definiu a criação de um documento que vai unificar Registro Geral (RG), Título de Eleitor e Cadastro de Pessoa Física (CPF): o Documento Nacional de Identidade (DNI) ou Identificação Civil Nacional (ICN), com validade em todo o território nacional. Saiba mais.

UNIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS

Segundo a nova regra, todos os documentos continuam válidos. Mas, a partir do momento em que a lei entrar em vigor (previsto para depois 2022), eles precisarão ser substituídos quando vencerem. A primeira via do documento não será gratuita, mas ainda não se tem informações sobre o valor que será cobrado.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o passaporte permanecem separados.

Como é previsto a aplicação apenas por 2022, até lá um longo caminho terá que ser percorrido: será preciso criar um banco de dados e decidir sobre o padrão biométrico, o número, os documentos necessários para sua expedição, parâmetros técnicos e econômico-financeiros da prestação dos serviços e as diretrizes para a administração do novo documento.




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.