Ficar sem dormir faz TÃO mal que aumenta até riscos de demência cerebral, diz estudo


Um estudo realizado pela Universidade Politécnica de Marche na Itália, células cerebrais que destroem e digerem detritos desgastados, promovendo uma espécie de faxina no órgão, trabalham em excesso quando há privação de sono, o que pode causar demência cerebral.



NÃO FIQUE SEM DORMIR!


Publicado pelo Journal of Neuroscience, a pesquisa mostrou que, comparando o cérebro de ratos de laboratório que tinham padrões de sono normal com camundongos que eram obrigados a ficar sem dormir, era possível observar que o órgão tem um mecanismo de limpeza que recria sinapses danificadas e as transforma em proteínas e novas membranas, que apenas funcionaria plenamente quando o sono é regular.

No cérebro de roedores com privação de sono o sistema de faxina permanecia mais ativo do que o normal e, trabalhando além da conta, quebrava mais conexões neurais, desregulando o bom funcionamento cerebral.

Todo o processo, de acordo com os pesquisadores, acelera o funcionamento de pequenas células imunológicas do sistema nervoso, chamadas de micróglias e responsáveis pela proteção do cérebro, podendo então comprometer sua ação defensora e aumentar os riscos de doenças neurodegenerativas.






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.