Colega de trabalho transforma episódio de preconceito em uma aula de solidariedade


A jornalista  Kelly Costa, da Rádio Gaúcha. cobria uma coletiva de imprensa pós-partida de futebol entre Internacional e Luverdense, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Porém a profissional se deparou com uma situação que ainda é muito comum no mercado do jornalismo esportivo: o machismo. 

MACHISMO NO FUTEBOL


Kelly assumiu o microfone para fazer uma pergunta ao técnico do Inter, Guto Ferreira. Nela, a repórter questionou se ele reconhecia falhas técnicas de sua equipe durante o jogo. Sem hesitar, o treinador deu uma declaração controversa, direcionada ao fato de a jornalista ser mulher.

“Desculpe, eu não vou fazer essa pergunta para você, porque você é mulher e, de repente, não jogou [futebol]. Mas todo atleta sob pressão tem dificuldades de ter um foco no lance final e trabalha contra a confiança dele também e precisa acertar para ter confiança. Eu ia fazer uma pergunta para você se você já jogou para perceber essa situação”, falou o técnico.

Após a entrevista, Ferreira percebeu que errou no tom da declaração e procurou a repórter para se desculpar. O encontro entre os dois acabou sendo registrado por Renata de Medeiros, também jornalista e colega de Kelly Costa, que divulgou o ocorrido com um desabafo no Facebook.

“Caro Guto: creio que, no momento em que tu falaste isso, tu não tinhas ideia do peso dessa frase na vida das poucas mulheres que ainda insistem em trabalhar e invadir o ambiente futebolístico que vocês, homens, pensam pertencer só a vocês. Infelizmente, Guto, não é só tu que pensa assim”, escreve Renata em um trecho do post.


Além de descrever algumas situações que também passa na profissão, a jornalista colocou em xeque a desigualdade entre homens e mulheres no meio futebolístico. “Chega a ser cansativo, mas TODOS OS DIAS a gente tem que provar que tem condições de trabalhar com futebol. Que louco né? NENHUM cara precisa provar pra ninguém que entende. Mas as mulheres precisam”, diz.





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.