Diabetes e os benefícios da BAUNILHA - a fava mágica.

Pode ser usado para reduzir a quantidade de açúcar adicionado em qualquer receita doce para ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, super importante se você tem diabetes.


Há muitos anos a baunilha já está no paladar dos brasileiros, quem não tem em casa ou nunca teve um vidrinho de extrato de baunilha? De uns tempos pra cá encontramos também no supermercado as favas verdadeiras, vendidas individualmente. Mas você conhece este ingrediente, sabe bem como usar?

Porque ela chega tão cara até você e como com um pequeno investimento dá pra fazer um extrato natural que pode durar anos e servir para um monte de receitas!

A palavra Vainilla vem do em espanhol é o diminutivo de vaina (vagem), ou, a partir do latim: vagina (pequena vagem) tem esse nome devido a maneira como a vagem deve ser dividida ao meio e aberta para expor as sementes.

Cara e Poderosa
A baunilha é a segunda especiaria mais cara do mundo, só perde para o açafrão. De 80 a 85% de sua produção vai para cozinha, o restante para perfumarias. A Baunilha Absoluta, a forma mais concentrada de baunilha natural (que custa US $ 6.000 por quilo) é a nota base de longa duração de muitos perfumes famosos como Chanel No 5 por exemplo.

Uma grande família 
A baunilha é uma orquídea. A família das orquídeas, contém mais 20.000 membros, é a maior família de plantas com flores do mundo! Mas a baunilha é o seu único produto comestível desta grande família.
Há 150 variedades de orquídea baunilha, mas apenas dois deles, Bourbon e Tahitian, são usados comercialmente.

A Bourbon é a baunilha original que os espanhóis encontraram no México.
É cultivada em sua maioria em Madagascar e na Ilha da Reunião (esses dois países juntos produzem três quartos da baunilha consumidas do mundo!), com contribuições menores da Índia, Indonésia e China. O México é agora um pequeno produtor.
Tahitian baunilha é uma variedade de baunilha Bourbon. Ela tem uma fragrância floral e seu sabor carrega alcaçuz, ameixa e notas de cereja secas.

Os pequenos grãos contidos na vagem da baunilha têm vitaminas essenciais do complexo B que incluem niacina, ácido pantotênico, e riboflavina, e pequenas quantidades de minerais, tais como cálcio, magnésio e zinco. Tanto o extrato de baunilha quanto suas favas fornecem os mesmos benefícios para o corpo, tais como:

• Propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e danos causados ​​pelos radicais livres.

• Propriedades antibacterianas que ajudam contra surtos de acne e retardam o envelhecimento.

• Os tratamentos tópicos que contêm baunilha são úteis na cura de queimaduras, cortes e feridas.

• A Baunilha também tem substâncias químicas que agem de forma semelhante à capsaicina, que proporcionam um efeito positivo sobre o sistema nervoso e agem como um analgésico leve.

Um polifenol chamado vanilina é o que produz o doce aroma da fruta. Este componente químico tem sido usado como óleo de aromaterapia por muitos séculos, e continua sendo usado nos dias de hoje. Esta substância proporciona muitos benefícios para a saúde, tais como:

• Melhora o desempenho mental;

• Aumenta a circulação do sangue no corpo;

• Ajuda a aliviar os sintomas de febre;

• Limpa vias respiratórias;

• Tem sido usado para acalmar náuseas em mulheres grávidas;

• Os pesquisadores acreditam que o aroma reduz dores de estômago e a fome, alivia o stress e, recentemente, investigam se pode curar a impotência masculina.

O extrato de baunilha pode ser usado para alterar o sabor de qualquer tipo de doce, como sorvetes, chocolates, tortas, etc. Pode ser usado para reduzir a quantidade de açúcar adicionado em qualquer receita doce para ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, super importante se você tem diabetes. Tente adicionar uma gota de baunilha no leite para experimentar uma bebida extremamente saborosa. A aromaterapia pode ser usada quantas vezes você quiser, sem efeitos colaterais. Como sempre, consulte um nutricionista ao decidir mudar drasticamente sua alimentação.

A Epopéia da Vagem

Depois da polinização a baunilha tem um período de 9 meses de maturação. Ela é colhida ainda verde e sua fava deve ter em torno de 17 a 30 cm.
Após serem colhidas elas são jogadas em água quente para serem mortas e interromper sua maturação, durante 3 a 4 meses elas tomam banhos de sol de manha e são embrulhas em cobertores a noite para suarem e secarem.
Depois de todo este processo as baunilhas estão quase pretas e perderam 3/4 do seu peso inicial.
Ele é coberta em Givre uma substância feita com glucose e cristais de vanilina (um derivado da baunilha) para proteger a fava e seu aroma.
Elas então são divididas em dois grupos: Grau A – mais oleosas e úmidas, devem ter entre 16 e 21 centímetros estão no primeiro nível de qualidade e Grau B vagens entre 10 e 15 cm e pertencem à segunda categoria de qualidade.

Tipos de Baunilha

  • Baunilha de Bourbon / Madagascar

Este é um nome genérico para Vanilla Planifolia, planta que vem de Ile de Bourbon, (antigo nome da Ilha da Reunião). Seus sabores são ricos e equilibrado e tem um aroma forte. O tipo preferido para fazer extratos. É neste sabor que a maioria de nós pensa quando pensamos em sorvete de baunilha ou bolos. Ela pode ser usado em ambas as preparações frias e quentes.
  • Baunilha Indonésia

Com diferente processo de maturação esta baunilha é colhida antes dos 9 meses necessários para o amadurecimento da vagem e possuí um processo de secagem de curto prazo utilizando lenha o que a dá sabor defumado. É melhor usada em preparações quentes e pratos salgados.

  • Baunilha Mexicana

Seu sabor é suave, cremoso e picante, com notas delicadas com aromas frutados. Ela pode ser utilizado em pratos quentes, mas é mais indicada para preparações frias ou aqueles que necessitam de um tempo de cozedura curto.

  • West Indian Baunilha

West Indian baunilha é uma baunilha com um grau inferior ao Bourbon / Madagascar, a vagem tem um teor de vanilina naturalmente baixo. Como tem um sabor muito pobre para usos culinários, é mais usada para fazer perfumes.

  • Tahitian baunilha 

Ela não tem tanta vanilina natural como Bourbon, mas o sabor vem do heliotropina (anis aldeído), dando-lhe um sabor doce e frutado, que lembra cerejas ou uvas passas. É melhor usada em alimentos cozidos, como molhos e compotas e também funciona bem com carnes. 

Hoje em dia a maneira mais fácil de se consumir baunilha é através de seu extrato, um líquido âmbar feito através da infusão de grãos de baunilha em uma mistura de água e álcool, que você pode fazer em casa (vou te dar a receita daqui a pouco). Porém a maioria dos extratos comercializados hoje são artificiais e usam como base apenas um dos 171 compostos aromatizantes da baunilha: a Vanilina. É por isso que eles são apenas uma aproximação do sabor real, sem nenhuma das suas sutilezas. 

A saber: A Coca-Cola, é o maior consumidor mundial de extrato artificial de baunilha do mundo. Essência de baunilha é o extrato de baunilha destilada ou um concentrado artificial, é mais forte no sabor do que extratos regulares. 

Baunilha em pó Podem ser feitos a partir de diversas fontes, incluindo o extrato de baunilha em pó, misturados com o amido e os açúcares; o pó givre (glucose e cristais de baunilha) ou feito com vagens de baunilha secas moídas. Use-o para aromatizar preparos quentes ou frios. Mantenha em um armário escuro, longe do calor. 

Sal e Açúcar de baunilha Sal e Açúcar baunilha é uma mistura de Fleur de Sel ou açúcar refinado com pedaços de fava de baunilha. Eles podem ser utilizados em pratos doces e salgados. Mantenha em um lugar fresco e seco. 

Nós nos tornamos tão acostumados com o sabor de baunilha artificial que, em testes cegos, muitas pessoas agora o preferem ao sabor natural. É perfeitamente possível que você nunca tenha experimentado o sabor real da baunilha. Nesse caso, uma descoberta maravilhosa te aguarda!

É importante lembrar que o sabor baunilha reside em duas partes diferentes: na vagem e nas sementes. Você pode retirar as sementes, abrindo a vagem com uma faca na direção do comprimento, raspando as sementes que estão dentro e usá-las diretamente em sua cozinha. Porem a vagem deve ser molhada para extrair o seu sabor; imersão da vagem em uma solução contendo álcool vai ajudar a obter ainda mais sabor, depois deixa-a secar e use para aromatizar sal, açúcar ou então a processe até virar pó. 

A Baunilha funciona lindamente com: pimenta da Jamaica, cardamomo, canela, cravo, gengibre, lavanda, verbena, capim-limão, alcaçuz, menta, noz-moscada, sementes de papoula, sementes de gergelim e anis estrela. 

Fontes: Wikipidia, Epicurus, http://www.mybakingaddiction.com/, livro de The Spice Bible

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.