7 coisas que pessoas ricas fazem que você não faz por achar que são coisas de pobre.





7 coisas que pessoas ricas fazem que você não faz por achar que são coisas de pobre.

Um dos aspectos mais estranhos da sociedade moderna é o número de pessoas que se esforçam ao máximo para parecer mais ricas do que são – mesmo em seu próprio detrimento. Isso é alimentado, em parte, por quantidades insanas opções de crédito fácil e barato oferecidas e além da falta de educação financeira.

Se você olhar objetivamente para o comportamento das pessoas verdadeiramente ricas, ficará surpreso ao descobrir que, na maioria das vezes, elas não seguem os mesmos padrões daqueles que são ricos por fora, mas interiormente pobres. Essa lista examina sete aspectos da vida típica de pessoas ricas que vai contra nossas noções preconcebidas de riqueza.

Veja só 7 coisas que pessoas ricas fazem que você não faz por achar que são coisas de pobre:





7 – Objetos de segunda mão


Obviamente nem tudo deve se comprar usado: como roupas íntimas e roupas de cama. Mas quando se trata de todo o resto, pode ser algo a se considerar. Os ricos são os primeiros da fila a comprar de artigos de segunda mão. Mais significativamente, as pessoas ricas tendem a não comprar carros novos (entendendo a terrível depreciação que ocorre nos primeiros anos de um carro novo) ou se comprarem um carro novo, elas tendem a utilizá-lo por pelo menos dez anos, fazendo valer a pena. As pessoas adoram antiguidades (que nem sempre são particularmente caras) e móveis de segunda mão, mas o mais importante é que ricos adoram o valor da compra de segunda mão.

6 – Comprar “para a vida toda”


Algo muito difundido é o conceito de falsa economia – a ideia de que comprar barato é sempre melhor. É melhor comprar um par de sapatos por 200 reais que dura cinco anos, do que cinco pares de sapatos que custam 50 reais, mas duram um ano cada e exigem cinco viagens à loja.

Pessoas ricas investem seu tempo pesquisando bastante antes de comprar, para garantir que estão comprando algo que durará o maior tempo possível e, idealmente, reterá parte de seu valor.





5 – Aguardar boas ofertas


Ricos podem esperar meses (e às vezes até anos) para fazer o melhor negócio possível a fim de fazer o valor valer a pena. As pessoas que mais se prejudicam são aquelas que compram por impulso e, por não priorizarem necessidades, não analisando muitas vezes os diversos fatores do estado de um produto, levando-as a perder dinheiro.

4 – Ser simples


Ser simples ou frugal não é apenas financeiramente positivo, também faz bem para o mundo. Quando uma pessoa é extremamente frugal, ela tende a desperdiçar menos. Ser frugal pode ser extremamente agradável e divertido. A quantidade de dinheiro que você pode economizar apenas por ser um pouco mais inteligente com cada gasto pode ser astronômico. Não é por uma boa razão que o velho ditado surgiu: “Um centavo economizado é um centavo ganho”.





3 – Acompanhar as finanças


Todas as pessoas ricas acompanham suas finanças e investimentos. Manter esse hábito é essencial, especialmente nos dias de hoje. A parte mais importante de acompanhar as finanças é a honestidade: é preciso ser honesto com você mesmo e ter certeza de levar em consideração cada real e centavo gasto. Pessoas ricas sabem exatamente quanto ganham e quanto dinheiro deve ser gasto com cada parte de sua vida. Isso é necessário para garantir que não ocorram desvios de orçamento ou surpresas desagradáveis no fim do mês. Dica: busque separar suas finanças em porcentagens destinadas a cada elemento necessário de sua vida, poupando uma boa parte do orçamento.

2 – Não se aposentar cedo


Não se consegue ficar rico sem esforço. As pessoas ricas passam suas vidas aumentando sua riqueza, poupando dinheiro e investindo. Mas não podemos esquecer de algo: elas buscam trabalhar não apenas pelo dinheiro, mas porque amam o que fazem e buscam sempre trabalhar como uma maneira de serem úteis.

No entanto, há mais incentivo para não se aposentar quando você é rico: a maioria das pessoas ricas possui seu próprio negócio (pequeno ou grande) e, quando você trabalha por conta própria, fica muito mais motivado para continuar trabalhando porque tende a adorar o próprio negócio que você possui.





1 – Elas não parecem ricas


De longe, o aspecto mais significativo da vida dos verdadeiramente ricos, é que é difícil dizer se são ricos. Elas são pessoas normais, que podem, dependendo de seus planos, às vezes não possuírem um carro, morarem de aluguel e trabalham tanto quanto você. Por outro lado, as pessoas com estilo de vida exorbitante que todo mundo quer imitar é geralmente pobre – pois a riqueza nunca pode ser medida através de bens adquiridos. Ser rico é um estilo de vida. E como diz o velho ditado: “Conheci um homem tão pobre, mas tão pobre que ele só tinha dinheiro”.


Compartilhe com seus amigos !!!





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.