Como funciona a mente de um bipolar?




Como funciona a mente de um bipolar?

Frequentemente notamos que a bipolaridade é uma doença levada pouco a sério, as pessoas ignoram o fato de que se trata de um problema real e complexo, logo ela deve ser reconhecida e tratada para melhorar a qualidade de vida do paciente e das pessoas ao seu redor.

É essencial conhecer com clareza os sintomas dessa doença, porque é a única maneira de reconhecê-la em outra pessoa ou em si mesmo. Desta forma, podemos fazer o que for necessário para manter o problema sob controle.





Em primeiro lugar, devemos entender que a bipolaridade é um distúrbio psicológico e não uma escolha ou forma de ser. A bipolaridade não é uma condição de dupla ou múltiplas personalidades, já que se trata de doenças diferentes.

O bipolar não tem dificuldades para identificar a si mesmo, mas suas mudanças de humor são tão drásticas que as atitudes dessa pessoa se tornam antimônicas e difíceis de explicar.

O diagnóstico de alguém bipolar


O diagnóstico dessa condição é muito complicado, principalmente porque a pessoa que está sofrendo do problema dificilmente procura ajuda. Também é dificultado pela instabilidade que apresenta em suas atitudes. Assim, a bipolaridade pode ser confundida com a psicose ou a depressão.

Para diagnosticar uma pessoa com esse transtorno, é necessário analisá-la por um longo período de tempo. Embora esta doença não tenha cura definitiva, é possível e muito viável tratá-la com uma mudança nas atividades diárias.

-É altamente recomendável que as pessoas afetadas por esta condição se exercitem, frequentem a terapia psicológica, pratiquem ioga ou outra atividade que as relaxem.




-Acima de tudo, elas devem se cercar de pessoas que as entendam e lhes deem muito carinho.
O ambiente terá um papel fundamental no tratamento, pois é comum que, devido à sua própria condição, o bipolar se recuse a receber ajuda médica.

Atitudes de uma pessoa com bipolaridade

1. Mudanças drásticas de humor

A bipolaridade envolve mudanças drásticas nos estados de ânimo: uma pessoa bipolar pode passar de uma euforia incontrolável para uma perturbação profunda de um momento para outro e devido a situações muito simples.

Para pessoas mentalmente estáveis, estas situações não seriam muito significativas.

Da mesma forma, alguém com esse distúrbio pode permanecer por um bom período de tempo em um estado específico, que pode ser estável, depressivo ou maníaco. No entanto, as mudanças de estado não respondem a situações específicas ou padrões previsíveis.

Às vezes, esse tipo de pessoa pode se sentir muito bem por um bom tempo. Ela pode sentir muita energia, tanto que nem sentem a necessidade de dormir; na verdade, ela pode permanecer dias acordada, mas ao mesmo tempo se distrair e ficar irritada.

Esta é uma fase maníaca e se caracteriza por atitudes excessivas: desejos sexuais excessivos, energia excessiva e pode até chegar à agressão.





2. Tristeza
A pessoa bipolar se sentirá muito deprimida. Isso leva à ansiedade, tristeza, pessimismo e fortes sentimentos de frustração.

Além disso, ela terá uma perda total de interesse em tudo, incluindo tudo o que deseja fazer frequentemente na fase maníaca.

Para uma pessoa com essa condição, é muito frustrante não entender a razão da depressão profunda. Isso pode resultar em desejos suicidas.

3. Características psicóticas
Uma das razões que podem causar essas mudanças pode ser a psicose, que acarreta esse transtorno. A psicose se trata de uma condição que altera a percepção de situações, gestos ou palavras, entre outros.

Um psicótico interpreta mal o que seu ambiente tenta comunicar a ele.
Além disso, se a psicose for grave, você pode sofrer diferentes tipos de alucinações.

4. Hipomania
Uma pessoa com problemas de bipolaridade pode apresentar hipomania. A hipomania consiste em um período diferenciado de tempo em que o humor é elevado continuamente.





Também pode ser uma característica da irritabilidade da pessoa, que dura pelo menos quatro ou cinco dias, algo que já pode ser diferenciado do humor habitual.

A hipomania também pode ser vista através da autoestima exagerada ou delírios de grandiosidade. Assim, pode fazer com que a pessoa se mostre mais falante do que o habitual.


Compartilhe com seus amigos !!!









Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.