Rivotril e seus semelhantes matam mais do que Cocaína e Heroína.


Rivotril e seus semelhantes matam mais do que Cocaína e Heroína.

Clonazepam composto químico, cujo nome fantasia mais popular é o Rivotril,  tem sido usado para tratar ansiedade e distúrbios do sono. Pertence a uma classe de drogas chamadas benzodiazepinas. Em uma série de estudos realizados em Vancouver, as benzodiazepinas têm sido associadas a taxas de mortalidade mais altas do que as drogas ilegais, como a heroína ou a cocaína.

Os profissionais de saúde estão soando o alarme sobre o aumento do risco de morte associado ao uso de drogas psiquiátricas, o que foi destacado nos estudos de Vancouver publicados este mês.

Benzodiazepina (BZD) representa uma classe de medicamentos psiquiátricos conhecidos como “tranquilizantes” que podem reduzir a capacidade do corpo para respirar e são usados para tratar a ansiedade, distúrbios do sono, convulsões entre outras condições. Neste grupo se incluem drogas comumente prescritas, como Valium, Xanax e Rivotril.O primeiro dos estudos, que envolveu pesquisadores do Centro de Excelência em HIV e da Universidade de Vancouver, analisou o impacto do uso dos benzodiazepínicos sobre as taxas de mortalidade, e estabeleceu que o seu uso foi associado a um maior risco de morte do que as drogas ilegais.





O Dr. Keith Ahamad é um dos vários pesquisadores dos estudos realizados em Vancouver que estabeleceram que o uso de benzodiazepínicos está ligado a uma maior taxa de mortalidade do que as drogas ilegais. “Há muitas pesquisas feitas sobre as drogas mais tradicionais de abuso, como as drogas ilegais como a heroína, a cocaína e as anfetaminas, mas não se sabe muito sobre o abuso das drogas legais”, disse o Dr. Keith Ahamad, clínico Cientista e médico no St. Paul’s Hospital.

O estudo pesquisou um grupo de 2.802 usuários de drogas entre 1996 e 2013. Os participantes foram entrevistados semestralmente durante uma duração média de pouco mais de cinco anos e meio cada. Ao final do estudo, 527 (18,8 por cento) dos participantes haviam morrido.

Os pesquisadores descobriram que a taxa de mortalidade foi 1,86 vezes maior entre os usuários de drogas que usaram benzodiazepínicos, em comparação com aqueles que não usavam. Ahamad observou também que mesmo depois que os pesquisadores isolaram outros fatores que poderiam influenciar a mortalidade, como o uso de outras drogas, infecções e comportamentos de alto risco, a taxa de mortalidade permaneceu alta entre os usuários de benzodiazepínicos .

Um segundo estudo conduzido em um grupo menor, mas dentro do mesmo grupo citado acima, examinou a ligação entre o uso de benzodiazepínicos e a infecção de hepatite C (HCV). Dos 440 indivíduos negativos ao HCV que participaram do estudo, 158 relataram uso prescrito ou ilícito de benzodiazepínicos e 142 participantes contraíram HCV durante o curso do estudo.






O estudo concluiu que o uso de benzodiazepínicos está associado a uma taxa mais elevada de infecção de HCV: As taxas de infecção eram 1.67 vezes mais alta entre os participantes do estudo que usaram benzodiazepínicos, comparados com aqueles que não.

“Não há muita evidência científica para dizer que essas pessoas deveriam tomar esses medicamentos cronicamente”, disse Ahamad, reconhecendo que há uma tendência a se apoiar em medicamentos psiquiátricos prescritos, embora outras medidas não-farmacológicas – tais como psicoterapia, técnicas de respiração, tratamento sociológico – estão disponíveis.

Dr. Thomas Kerr, professor de medicina na UBC, ecoou esses sentimentos: “Muitas vezes, estamos procurando uma resposta em uma pílula, e muitas vezes, negligenciamos outras opções de tratamento”.

Ambos os médicos notaram que há muito pouca evidência para apoiar o uso de longo prazo de benzodiazepínicos.

 “O mais interessante sobre isso é que se trata de um medicamento de prescrição, e as pessoas pensam que estão seguras”, disse Ahamad. “Mas, como se vê, provavelmente estamos prescrevendo essas drogas de uma forma nociva.”

Kerr observou que o aumento de mortes relacionadas ao uso de benzodiazepínicos – “Tem sido uma epidemia de infusão há muitos, muitos anos” – reflete muito de perto um aumento de mortes relacionadas ao uso de opioides que tem sido amplamente documentado. Ele citou um quádruplo aumento nas mortes relacionadas ao uso de benzodiazepínicos nos Estados Unidos entre 1999 e 2014, e também observou que há 50 por cento mais mortes a cada ano nos Estados Unidos devido mais à medicina psiquiátrica do que à heroína.






“Esses estudos realmente revelam quão perigosas são essas drogas e devem ser usadas com grande cautela”, disse Kerr. “Não podemos nos concentrar apenas nos opioides, precisamos olhar para outros medicamentos que são usados em combinação”.

Ahamad acredita que grande parte do ônus é sobre os médicos, que precisam ser devidamente educados antes de prescrever benzodiazepínicos. Ele também reconheceu que a falta de médicos de família tem levado muitas pessoas a procurar clínicas, onde os registros de pacientes podem não ser muito precisos a respeito do histórico de tratamento do indivíduo. Kerr observou que também precisa haver um fortalecimento na forma como as prescrições são monitoradas e prescritas.

“Há riscos que vêm com esses medicamentos e precisamos ser muito, muito cuidadosos sobre como estamos prescrevendo-os”, disse Ahamad.

Os estudos foram publicados em Public Health Reports, no American Journal of Public Health e no Vancouversun.

FONTE- psiconlinews.com


Compartilhe com seus amigos !!!






45 comentários:

  1. Olá não sei o que tem de verdade sobre o uso de Clonazepam, eu uso a mais de 20 anos pois tenho insônia profunda, ansiedade e ainda ajuda nas crises de labirintite e graças à Deus nunca tive nenhum efeito colateral pelo contrário acordo super bem! Gostaria de maiores informações sobre o assunto, obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. O mesmo acontece comigo. Uso a mais de 20 anos, até agora tudo normal, sou diabético, tenho stente no coração, tive 2 avc. 01 enfarto e tenho 70 anos. Como bem, durmo bem , vida normal.

      Excluir
  2. Tomo esse medicamento á anos. Não para dormir mas como eu tenho fibromialgia, que é uma doença de rigides dos musculos, o Rivotril me faz muito bem sendo que pela manhã os musculos estão contraidos. Seria importante colocar o que esse medicamento causa no organismo, levando a morte.

    ResponderExcluir
  3. sabe por que tão dizendo isso? clonazepam é calmante mais vendido no Brasil ,vizinhos amigos, parentes dizem que foi no médicos e receito clonazepam que é o rivotril, dizem isso para o povo ficar com medo e para de tomar para vender menos, minhas sogra toma a anos com 81 anos ta ótima

    ResponderExcluir
  4. Por favor, ayúdenme a agradecer a Dios que usó al Dr. Uwenbo, para curarme y me salvó del virus de la VIH, con sus Hierbas. Siempre quedaré agradecido por lo que Dios lo ha usado para hacer en mi vida, también puede contactarlo por enfermedades similares como el HEP B, STAPHYLOCOCCUS, DIABETES, BAD BREATH, BV, UTI, OVARIAN CYST, STROKE, HERPES, ARTRITIS, EPILEPSIA, ASMA, TIROIDES, GONORREA, TOBACOLOSIS, FIBROIDES, ALS, AYUDA ESPIRITUAL y muchos otros email, dr.Uwenboherbalhome@gmail.com or WhatsApp o al +2349052309005 buena suerte.

    ResponderExcluir
  5. Eu sofro com crises de ansiedades e faço uso do Rivotril mas não com frequência,faço uso quando cinto que vou entrar na crise q é raro , pois venho a ter as crises de 1 a 2 vezes no mês aí sim faço uso do Rivotril que me faz sentir mto bem.

    ResponderExcluir
  6. Clonazepam é uma ótima droga,porém tem os prós. Eu sempre tomei porque faço tratamente para epilepsia e estou melhor. MAS a medicação vicia e eu passo muito mal.Tomava três ao dia,tirei um passei mal. POIS É VICIA COMO COCAINA OU MACONHA

    ResponderExcluir
  7. Eu tomo Rivotril há muito tempo tenho 71 anos não sinto nada.

    ResponderExcluir
  8. eu tomo revotriu a mais de 20 anos tenho 71 anos nunca senti nada tomo 10 gotas 1 x por dia sou depressiva

    ResponderExcluir
  9. Tomo revotril há muitos anos, me sinto bem. Sou muito ruim para dormir, se eu nao tomar, passo a noite acordado. Trabalhei numa multinacional 21 anos, não tomava remédio nenhum. Quantas vezes passei a noite inteira acordado e ia trabalhar. Passava um dia horrível. Saí desta empresa aposentado mas,descobri muito tempo depois este remédio. Que pena 😢😥😧.

    ResponderExcluir
  10. O amitripilina alguém conhecê?
    Também faz mau?tomo ele pra dores musculares devido a movimentos repetitivos é suspeita de fibreomeugia é bucite

    ResponderExcluir
  11. Tomo pq necessito mas até agora tudo.ok.

    ResponderExcluir
  12. É melhor ficar dependente do que doente. Só que sofre de ansiedade sabe o tanto que é ruim. Uso há 5 anos, e me sinto muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Eu sofro de ansiedade. Prefiro ser viciada em lexotam que em álcool ou alguma droga ilícita. Pelo menos a minha droga é de uso regulado e controlado e tenho acompanhamento de um especialista.

      Excluir
    2. Meu filho toma clonazepam 2mg por causa da ansiedade. Se não fosse o clonazepam nem continuar a faculdade ele poderia.

      Excluir
  13. Minha mãe toma esse remédio há 5 anos e não dorme sem ele : nunca percebi diferença no comportamento dela , gostaria de saber quais são os sintomas a ser percebido ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tomo esse rivotrRi pra ansiedade no caso de manhã mas não me dá sono

      Excluir
  14. eu tomo 3 comprimidos anoite a 10 anos nao sinto nada durmo as 11 horas da noite e acordo as 5 da manham fico bem ! mas que ele e pior que uma dessas drogas ai e verdade pois eu fiquei 2 dias cem tomar mi deu uma crise de abistinencia como se eu usace cocaina me senti mal pra caranba pencei que fosse morrer senti algo muito estranho meus batimentos cardicos almentaram ai e orivel nao gosto nem de lenbrar ja sinto mal so de pencar que nao vai ter pra mim tomar meus medicamentos sao escodidos pois ficacava na cosinha ai vinha alguem em casa e ja me pedia nossa eu ficava louca da vida agora sao guardados no meu quarto pois meus medicamentos sao controlados pela minha pisiquiatra e pelo o sistema da famarmacia aonde eu pego. nao dou 1 comprimido a ninguem nem tao pouco vendo 1 comprimido por 1.000 reais alias por preco nenum

    ResponderExcluir
  15. Eu também tomo essa medicação, e me sinto bem,

    ResponderExcluir
  16. eu tomo venlafaxina de 75mg de manhã e metade do clonazepam a noite sempre tomei não consigo dormir sem ele

    ResponderExcluir
  17. Notícia falsa!! https://medium.com/@lucineidemelopsicologa/rivotril-mata-mais-do-que-coca%C3%ADna-e-hero%C3%ADna-7d071ac2463f

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho muito medo das seguêlas q pode deixar na mente p sempre estes medicamentos são como uma paulada na cabeça

    ResponderExcluir
  19. Tomo ha 15 anos e se eu ficar sem ai que irei morrer.

    ResponderExcluir
  20. eu tomo faz algum tempo me sinto muito bem

    ResponderExcluir
  21. Tomo esse medicamento há 20 anos, se eu não tomar aí sim fico ruim! Tomo pq preciso, me sinto bem com ele!

    ResponderExcluir
  22. Eu também tomo e tenho me sentido bem

    ResponderExcluir
  23. Eu tomo a mais de 6anos e sinto bem..se eu n tomar n consigo dormir..qual mal rivortil pode causar?

    ResponderExcluir
  24. Eu tomei Rivotril por 7 anos. Meu neurologista fez meu psiquiatra mudar eu me sentia muito mal ficava parecendo uma bebada ficava ligando pras pessoas altas horas da noite etc. Ele vai deixando você muito esquecida. Agora com lexotam e Dual estou otima .

    ResponderExcluir
  25. Tomo esse medicamento a anos,se eu ficar sem ele ai que vou morrer..

    ResponderExcluir
  26. Tomo este medicamento quando tenho muito insonia.E realmente acordo com muito sono.Mas nao tenho muitos efeitos..so me cuido me alimentando bem antes de toma_lo e procurando fazer exercicios.Muito importante,se vejo que estou um pouco acima do peso me cuido o que nao tem nada à ver com a medicacao e sim com amor proprio!

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde para todos! Usei por periodicamente 7 longos anos, e ele no começo era muito maravilhoso, só que passei a abusar da quantidade que o médico prescrevia, devido há isso fui cada vez mais abusando, devido conseguir comprar mesmo sem receita controlada, isso no mercado negro. Eu fiquei realmente viciada, sem ele não era ninguém, meu quadro de depressão só aumentava, e tive muitos pensamentos Suicidas. Fui internada por duas vezes em clínicas de recuperação de usuários de drogas, devido ao uso abusivo do Rivotril. Porém, hj já não faço mais o uso indiscriminado, uso ele ainda em quantidade indicada pelo médico, e sempre trocando, uso ele alguns meses, depois troco por um alprazolam. Por isso eu faço um alerta, não usem mais do que o permitido pelo seu médico, ao perceber que está precisando de uma quantidade maior para se sentir bem, procure logo o seu médico.

    ResponderExcluir
  28. Faço uso de Rivotril á 6anos tenho ansiedade generalizada síndrome do pânico depressão. Tomo sobe orientação de pisiquiatra. No caso acho q é melhor tomar o medicamento do q ficar doente.tentei parar fiquei muito pior.

    ResponderExcluir
  29. Também tomo a mais de 10 anos e não sinto nada. Mas uma vez fiquei tres dias sem tomar e foi muito ruim. Minha pressão subiu muito e quase morri.

    ResponderExcluir
  30. Tomo clonazepam a um ano é quando acaba me ataca labirintiti e eu fico assustada com qualquer coisinha. Não posso ficar sem ele mas as vezes eu tomo ate 2 comprimidos pois já estou viciada.Pretendo parar um dia pois nunca precisei de nenhum remédio pra dormir, mas comecei a tomar quando tive depressão.

    ResponderExcluir
  31. Eu sou viciado em clonazepamm infelizmente.

    ResponderExcluir
  32. Cheiro cocaína a 30 anos e nunca me viciei.

    ResponderExcluir
  33. Nós aqui em casa todos tomemos e graza a Deus até hoje sou feis bem eu meu marido é minha filha tomemo todos os dias si não tomar já não durmo a noite eo médico receitou por causa da pressão arterial o clonazepam ajuda a acalmar nos não dexemos de tomar até oje só fas Bem para nós

    ResponderExcluir
  34. eutambem tomo quandos tento dores musculares de noite,senao passo a noite en claro

    ResponderExcluir
  35. então quem diz que uso drogas,usa mais droga que eu

    ResponderExcluir
  36. Tomo rivotril mais de 20 anos porque preciso e com acompanhamento médico, todo medicamento tem efeitos colaterais !!!!!!!

    ResponderExcluir
  37. tem 20 anos que uso cocaina e tenho crises de panico, o rivotril me ajuda muito nesse sentido.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.