Ficar perto de pessoas que só reclamam esgota nossas energias.



FICAR PERTO DE PESSOAS QUE SÓ RECLAMAM ESGOTA NOSSAS ENERGIAS.

Pessoas negativam podem sugar toda sua energia positiva e fazer com que você se sinta mal

Todas as pessoas enfrentam problemas no seu cotidiano, e por muitas vezes desabafar com amigos ou entes queridos, funciona como uma forma de diminuir o fardo e ajudar a pensar em soluções, o que é bom para todos.





Mas muitas pessoas desenvolvem o hábito de reclamar de tudo e de todas as situações, acabam criando uma tendência ao negativismo e vitimismo. Acreditam serem as maiores vitimas de todas as situações.

Só que conviver com alguém assim, pode ser extremamente nocivo para a saúde mental. Prestar auxilio, e até mesmo o chamado “ombro amigo”, é fundamental para o bom andamento de todas as relações, já que é impossível criar laços duradouros e felizes quando uma das pessoas não se importa com a felicidade e bem estar da outra. Mas é necessário observar até que ponto se pode ajudar sem prejudicar a si mesmo.

Porque devemos evitar reclamações 

Sem perceber, criamos para nossa própria vida um padrão de descontamento constante, impedindo que possamos ver oportunidades de felicidade e realização pessoal ou profissional, pois estamos ocupados pensado no que não está bem, ou não deu certo.

Outras pessoas também não se sentem motivadas ou até mesmo atraídas por pessoas negativas e com cheias de autopiedade.





O que acontece com quem convive com uma pessoa negativa e que vive reclamando? 

Nossas experiências formas as nossas emoções. Então geralmente desenvolvemos muitos hábitos parecidos ou iguais aos das pessoas com quem mais convivemos.

Viver ao lado de uma pessoa que reclama de tudo, além de criar uma energia sempre pesada em torno das conversas, faz com que você acabe vendo apenas o lado negativo das situações.

Além de nos causar tristeza, porque são em grande maioria pessoas muito queridas, e ao não ter como resolver os problemas delas, ficamos com sensação de impotência na resolução de um problema que na realidade é de outra pessoa.

Isso pode desencadear: 

-Desequilíbrio emocional
-Dificuldades para resolver problemas próprios
-Deterioração da concentração
-Pensamentos negativos





Para continuar convivendo com a pessoa, sem prejuízos a própria saúde, é necessário tomar algumas atitudes.

-Não dar ênfase quando perceber que o problema muita vezes não é nem tão grande assim.

-Usar cordialidade e gentileza, mas ser sincero em relação a situações e definir limites para o tempo das “lamentações”.

-Muitos dos “reclamões”, são manipuladores e o que querem na verdade é ser o centro das atenções, então avalie se é esse o caso e não demonstre fraqueza.

-Se for um caso extremo, coloque um ponto final. Afinal de contas, pessoas adultas devem saber resolver suas questões respeitando os outros.


Compartilhe com seus amigos !!!








Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.