Beber apenas um energético estreita os vasos em 90 minutos, aumentando risco de avc e infarto; diz estudo.



BEBER APENAS UM ENERGÉTICO ESTREITA OS VASOS EM 90 MINUTOS, AUMENTANDO RISCO DE AVC E INFARTO; DIZ ESTUDO.

Apenas uma latinha de energético é suficiente para aumentar o risco de um AVC, e infarto de acordo com estudo.

Segundo uma pesquisa recente realizada pela Universidade do Texas nos EUA, consumir apenas uma lata de bebida energética é suficiente para aumentar consideravelmente o risco de ter um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ou um infarto.





E isso acontece em pouco tempo, o estudo revelou, que apenas 90 minutos depois da ingestão, a bebida faz com os vasos sanguíneos se estreitem, dificultando a circulação do sangue no organismo.

Outros estudos já haviam apontado que os efeitos do consumo do produto, é semelhante ao da cafeína em excesso.


Para concluir a pesquisa, os cientistas analisaram 44 estudantes da McGovern Medical School, que faz parte da Universidade do Texas – eles eram não fumantes, e classificados como pessoas saudáveis.

Eles queriam saber qual é o efeito da bebida no endotélio, camada celular que reveste os vasos sanguíneos, em cada organismo.





Os participantes receberam a bebida energética, e dentro de 90 minutos, ficou constatado que o diâmetro interno dos vasos, se contraiu com relação ao tamanho do endotélio, cerca de 50%.

O estudo tem grande relevância devido a enorme quantidade na demanda de consumo deste produto. E em especial entre pessoas jovens.


Os pesquisadores de áreas de saúde se preocupam também com os efeitos a longo prazo do consumo desses produtos, que ainda não estão totalmente revelados.

O efeito é semelhante ao da cafeina, entretanto existem outros agentes químicos na bebida, e enorme quantidade de açúcar, e todos esses compostos associados formam uma substância nociva a saúde.


Compartilhe com seus amigos !!!







17 comentários:

  1. Respostas
    1. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2966367/

      Excluir
  2. Por isso que aprecio a boa e velha cerveja.
    Me dá asas sem esse risco.

    ResponderExcluir
  3. Tomo energético há mais de 10 anos (inclusive em alguns momentos mais de uma lata) e sigo vivo por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um é cada um. O aviso foi dado. Livre arbítrio.

      Excluir
    2. Eu tive um avc ñ por causa de energéticos foi por outras causas e fiquei com sequelas pro resto da vida... é horrível...

      Excluir
  4. O problema dos energéticos, é o açúcar, quando este leva em sua composição. Se o energético não contiver açúcar, tá liberado. Açúcar faz muito mal! Então, se algum produto alimentício conter açúcar, fuja dele.

    ResponderExcluir
  5. Redbull te da asas para ir pro céu... kkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Link do estudo: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2966367/

    ResponderExcluir
  7. vcs nem leram de verdade o estudo ne? nao é possível! primeiro deveria deixar claro wue os pesquisadores nao realizaram testes nenhum ja que se trata de uma REVISÃO BIBLIOGRÁFICA! E o texto de vcs da a entender que foi estudo de campo... estudo bem fraco por sinal...

    ResponderExcluir
  8. Ja passei mal após tomar energético...

    ResponderExcluir
  9. Existem estudos sérios sobre cafeína e a relação entre AVC ou risco de infarto. Geralmente são dosagens acima de 300mg ou seja, umas 13 chícaras de café administradas de uma só vez. Isso faria o quê, não é mesmo?
    - Porém os estudos mostram que pós exercícios os batimentos ficam acima até 48 ou 72 acima ( EPOC ).
    Sendo assim, qual o nome do responsável deste estudobquem publicou? Para que possamos saber se é de fonte confiável?

    ResponderExcluir
  10. Rntimente foi lançado um energético natural da empresa Hinode ser a esse tam bem causa esse efeito colateral?

    ResponderExcluir
  11. Cadê o artigo em que foi baseado o texto acima? Cadê a fonte?

    ResponderExcluir
  12. Consumia energético direto e com isso vim a sofre problemas cardíaco, e não querendo acreditar ser do energético após esta está bem de saúde novamente voltei a engerir tal bebida, isso me fez voltar a sentir os problemas novamente, hoje sem energético já não sinto as mesmas coisas que sentia quando ingeria energético.... Lembrando que o primeiro médico que me atendeu disse que estava mal pois o energético que tomava não era o red Bull e 3 anos após ele me falar isso passou pelo mesmo que eu e culpou o energético.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.