Movimento antivacinas trouxe de volta uma doença mortal.




Movimento antivacinas trouxe de volta uma doença mortal.

Algumas estão ressurgindo com força total e já fizeram vítimas! 

Uma pesquisa realizada por cientistas romenos descobriu que por lá foram registrados, nos últimos meses, mais de 8 mil casos de sarampo, o que significa o maior reaparecimento dessa doença nas últimas décadas. 

Os especialistas atribuem o fenômeno à falta de investimento governamental em prevenção e ao movimento antivacinas, que está se expandindo pelo mundo inteiro. Além disso, eles ressaltam que uma grande quantidade dos infectados teve que ser hospitalizada e que 32 casos foram fatais.





No primeiro mundo, é cada vez maior o número de famílias que decide não vacinar seus filhos. Essa tendência está causando o reaparecimento de doenças praticamente extintas, como a rubéola.

Aqueles que se opõem à vacinação obrigatória alegam que a imunização possui um risco alto de efeitos secundários associados e que não existem pesquisas científicas independentes capazes de provar a segurança desse método de prevenção. 

A comunidade científica aponta que essas crenças estão baseadas em teorias falsas e que é necessário conscientizar a população sobre a importância de vacinar todas as crianças para evitar outros casos fatais.

Fonte: Buena Vibra


Compartilhe com seus amigo !!!!









3 comentários:

  1. Não sabia que existia um movimento tão imbecil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que mais existe no mundo ATUALMENTE é gente IMBECIL !!Tinha que ser OBRIGATORIO..a criança nao tem escolha..se os pais são IDIOTAS de carteira assinada.. So resta a elas
      adoecer e MORRER!!

      Excluir
  2. E. Um absurdo não vacinar tem que ser vacinados todas as crianças e. Também as outras pessoas que não foram vacinados

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.